Um Grande Resumão [Dominance War IV]

magistrate_finalBom, primeiramente, eu peço desculpas novamente pela demora para postar aqui. Como disse antes, os concursos da vida tomaram bastante o meu tempo. O Dominance Wars finalmente acabou (o prazo para envio) e agora é esperar o resultado. O nível é altíssimo (morram coreanos e russos!), mas valeu a experiência obtida durante o processo. Confesso que aprendi bastante no que diz a respeito à concepção de personagem para um jogo.

Como prometi ao meu considerado Macílio, este post é dedicado a um resumo do processo de criação do personagem, até a ilustração final.

Então vamos lá.

Primeiramente, eu estava em dúvida sobre que personagem fazer. Para os marinheiros de primeira viagem, o Dominance War é um concurso internacional aberto para todos, no qual o objetivo é compartilhar experiências e habilidades entre ilustradores 2d e modeladores 3d durante a criação de um personagem para uma espécie de “jogo” fictício. Ou seja, cada participante mediante certas regras, deve escolher uma raça e uma classe e, a partir destas se juntar a um fórum e nele mostrar o processo de criação até os finalmentes.

São três “raças”, ou melhor dizendo, facções: Norms (humanos, elfos, anões, metamorfos, alienígenas, etc) que são criaturas que usam magia ou canalizam magia em um único objeto mágico; Máquinas e Demônios. Como eu não tenho problemas com nenhum dos três, decidi fazer pequenas imagens para ter alguma idéia. Tais imagens pequenas são chamadas de “thumbnails”. Servem, como rascunhos que são, como esboços prévios de uma idéia a seguir. Portanto, fiz os seguintes thumbnails abaixo:

thumbsFiquei mais em dúvida no número 3, 4 e 6. Acabei optando pelo 4, o Magistrate. Foi tanto por opção pessoal, como por opção das pessoas que eu mostrei.

Escolhida a imagem, era hora de trabalhar a imagem.

rostos1Meu conceito seria o de um personagem élfico (acreditem, a raça foi escolhida ao acaso mesmo) que seria um Magistrado Arbitral. Alguém bastante severo. Comecei então primeiramente a detalhar o seu rosto. É o primeiro passo a se fazer. Pelo menos foi o que fiz.

rosto2O passo seguinte foi detalhar um pouco o tal do troço ali atrás dele. Baseado nos modelos do Dominance War III, eu queria algo bem épico e que fosse um negócio bem arcano, cheio de símbolos e efeitos. Então, eu parti para o modelo simples de corpo. Ou seja, detalhar o todo, a roupa. E tudo isso já com cor.

elfFiz então um modelo rápido (como vocês podem ver acima) e bem tosco, mas que serviria aos meus propósitos como vocês podem ver abaixo. (E não, ele NÃO É EUNUCO ok?! ¬¬).

roupasE voilá! Já tenho alguns modelos para integrar a ficha de concept. Confesso que fiquei com bastante dúvida entre todos os três. Por fim, optei por uma mistura de todos. Chegou a hora então de rascunhar! Na mão mesmo. (Não que eu não tivesse feito isso antes).

personagemEntão, com base no rascunho e seguindo o modelo das roupas acima, fiz o estudo final (notem que já fiz um esboço do item mágico também):

model_finalEis então, o modelo final da roupa. Nota: O cavalo, apesar de não ter nada a ver, é a insígnia do fórum. E a regra manda colocar as cores do fórum e/ou a insígnea na imagem. Optei então fazer o personagem com as cores do fórum junto da insígnia. (As cores, como você deve ter notado, são vermelho e cinza).Você também deve ter notado a diferença gritante das roupas do modelo inicial para o modelo final. Por que eu escolhi fazer isso? Simples, eu quis prezar pela mobilidade do personagem. A roupa inicial era pesada demais, muito trambolho.

magistrate_final_wipEu podia então já partir para um estudo da ilustração final. Compare com a primeira ilustração deste post e verá que não mudou praticamente nada, quanto a idéia da imagem.Era hora então de produzir as fichas modelo e de conceito (Model Sheet e Concept Sheet). Mas o que significam essas duas fichas? A primeira diz a respeito do desenho “técnico” do personagem mesmo. São as vistas de frente, lateral e de costas no mínimo. Aqui ressaltam-se os detalhes mais importantes do personagem. Já o Concept Sheet refere-se a uma folha de concepção do personagem. Aqui vem os detalhes do rosto, de possíveis poses do personagem e afins. Tudo rascunhado. Tá certo que o rascunho de alguns é praticamente um ilustração completa, mas isso é outra história.

magistrate_sheetAí está a imagem, como podem ver.

phoenix_sketchesTambém tinha que fazer alguns esboços da Fênix. O “pet” do personagem. Por que uma fênix? Bom, uma das regras dizia que: qualquer personagem pode ter um Pet ou seja, um animal que o acompanhasse ou que servisse de montaria. Bom, de acordo com a história de meu personagem, ele é um altíssimo sacerdote do Deus Sol. E também é o único capaz de conjurar o avatar supremo deste deus. Em minhas pesquisas, descobri que a fênix, tanto na mitologia egípcia quanto grega é um pássaro referente a divindades solares. Tanto que de certa forma, a alegoria dela morrer e renascer nas cinzas refere-se ao fato do Sol se pôr (morrer) em meio a um céu avermelhado como fogo e renascer no outro dia como advindo das cinzas. Acima você pode ver alguns dos esboços que fiz e comecei a trabalhar para o model sheet (é, o pet vai dentro do model sheet também).

arcanaClaro que eu não podia deixar de esboçar o artefato mágico do personagem. Agora restava apenas detalhar definitivamente as imagens finais. Hora de voltar para o personagem. Fiz o esboço das poses para compor o concept sheet. Na verdade eu deveria tê-los feito antes, mas fiz o processo quase todo ao mesmo tempo.

posesRascunhos simples e básicos, obviamente. Vejam que as poses ajudam a ter uma idéia da concepção do personagem em relação a sua mobilidade. É a função dos concepts.

Então faltava apenas concluir o Concept Sheet.

concept_sheetComo pano de fundo, eu fiz um background que combinasse com o personagem. Algo antigo, lembrando papel velho ou coisa do tipo. Eu fiz novos estudos de cabeça. Decidi rejuvenescer um pouco o personagem. Depois foi a vez do Model Sheet:

model_sheetEu queria por uma imagem da fênix com as asas abertas, mas realmente não houve espaço (utilizei o máximo permitido para o concurso, infelizmente).

Mas bem, foi isso. Compus então a ilustração final, fiz o texto do personagem e enviei para o concurso. Agora é aguardar o resultado.

Gostaria de chegar ao menos no TOP50 que é currículo para entrar em qualquer canto, mas tudo bem. Pelo menos valeu a grande experiência obtida. Agora é esperar o resultado (que parece que sai em junho já).

NOTA: Quem quiser ver o Model Sheet e o Concept Sheet, bem como a ilustração final em tamanho maior, cliquem neste link aqui .

Como treino, vou fazer os concepts dos outros personagens que não foram trabalhados.

De quebra, como louco eu ainda fui atrás de participar de outro concurso, mas desta vez do Deviantart. Amanhã eu posto sobre ele. Tive que fazer a ilustração em um dia. Mas tá valendo, foi um auto-teste.

Agora finalmente posso voltar à produção pessoal com força total (acreditem e será força total mesmo!). Enrolei demais “Noite no Quarto”. Até a metade do ano vocês terão esse conto. E como prêmio para vocês, para quem gosta de ler, estou reescrevendo o texto (eu o havia perdido como dito em outro post), mas desta vez como um conto mesmo, uma narrativa. Depois daquele meu post anterior, eu tinha que fazer algo do tipo né?

Antes eu tinha escrito o roteiro como geralmente ele é escrito nos quadrinhos, como se fosse uma peça de teatro.

Bom, chega por hoje, amanhã tem mais!

4 Respostas to “Um Grande Resumão [Dominance War IV]”

  1. Bruno T.M. (Shooting Star) Says:

    Caramba! Ficou muito bom. A fênix tem tudo a ver e querendo ou não.. ela faz menção as cores do forum.
    Desejo muita sorte, quero ver um brasileiro no top50. O único brasileiro que eu vi lá foi o juiz da Blizzard. hehehe
    🙂

  2. Valeu man.

    Bom, agora está nas mãos dos juízes né…

  3. Jonatan Says:

    Ok… Agora fiquei na seca por desenhar depois de tudo que eu vi! rs
    Mas sei que os olhos vão sair tortos, a boca mais ou menos, o cabelo vai ser inexistente e o corpo… ok deixa pra lá! rs
    Eu achei extremamente foda (foi a primeira expressão que me veio na cabeça)! Não é todo dia que vemos desenhos tão bem trabalhados (se formos pegar no mangá, por exemplo, sai cada lixo todo ano que chamam de “desenho” que me faz até tremer). Ganhando ou não, você tem a minha admiração pelo seu trabalho.
    Parabéns.

    Fáelán Jön

  4. Rs, bom, pois não se prenda rapaz! Solte o traço, mesmo que saia torto! Faz bem à saúde… as vezes.😀.

    Novamente fico agradecido com tuas palavras! Claro que o nível lá é altíssimo, mas procurei me esforçar para pelo menos chegar um pouco perto. De qualquer jeito, valeu bastante a experiência!

    Já no mangá, é verdade que sai lixo todo ano, mas leve em conta que lá no Japão (pelo menos acho que você esteja falando de lá), saem milhares e milhares de mangá todo ano. A tal da Comiket é de deixar triste qualquer um. Os que realmente são bons, são poucos mas suficientes. O que falta aqui é uma produção maior e mais séria. Ainda é pouco, muito pouco. Mas prefiro acreditar que a situação está mudando, mesmo que aos poucos.

    Muito obrigado pelas suas palavras🙂.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: