Mais de Inocência

bandaAntes de mais nada, avisando que: Se você quiser ver a imagem em tamanho maior e 100%, basta olhar o meu DA, já que o tamanho limite da largura da imagem aqui no blog é de apenas 450 px. (É eu tive que cortá-la).

Bom, aproveitando o espaço para falar um pouco mais da série.

Dias atrás, eu fiz um post falando sobre a atmosfera de Inocência: pesada e sufocante, cinzenta. Porém, nem tudo é monocromático e deprimente. Há alguma luz no fim do túnel para a Mina. Luz que ela se esforçará para alcançar (ei, não to falando de religião).

Já comentei antes que a personagem apesar de seus problemas, encontra conforto na música, sobretudo quando ela toca violino. Ela aprendeu a tocar o instrumento no orfanato, em um desses trabalhos voluntários (Um músico conhecido realizou esse trabalho junto de uma equipe). Mina foi uma das poucas que se sobressaiu. Além disso, como já disse antes ela possui uma excelente (e surpreendente) voz de lírico. É quando ela consegue soltar tudo o que a reprime.

Enfim, esse talento não passa desapercebido e rapidamente a professora de música (e organizadora da orquestra da escola) a chama para se juntar a orquestra. Essa professora praticamente passa a ser a protetora e tutora da pobre personagem. E sim, falarei dessa professora mais tarde.

Mais tarde ela descobre quatro alunos de outra sala que, apesar de seus gostos diferirem do gosto dos outros alunos (fato comum em 99% das escolas por aí) e serem meio que taxados como “revoltadões”, não são tão excluídos assim. Porém, eles são os mais receptivos a Mina. Principalmente a Milly (a garota da esquerda na imagem, OBVIAMENTE) e o Fred (o cabeludo), talvez por eles serem os mais excluídos dentre os quatro.

Fato é que, ela passa a integrar a banda que eles formaram, sendo a vocal e violinista nas músicas que utilizam esse instrumento. Esse é um dos pontos mais críticos da história. Pois a partir daí, como na lendária Roda da Fortuna, ela agora estará no topo. É então que a verdadeira degeneração da personagem irá se iniciar… ou não. Esse é o ponto da história em que ela se acelera e em que os fatos irão ocorrer mais rápido.

Pelo menos é o que pretendo no roteiro…

O nome da banda é Rustica Puella, que é primeiro, uma homenagem minha à banda Corvus Corax que eu tanto gosto e ao mesmo tempo a Carmina Burana (sim, o mesmo de Oh, Fortuna). Sacaram agora? A tradução do nome é algo como Garota ou Menina Cruel (ou Rude).

Integrantes (sim, eu farei um post para cada um deles ainda, detalhando-os mais e explicando os conceitos de criação).

Da esquerda para direita

emily_peq

Emily (Milly) Louise: Baixo e Back Vocal – Garota revoltada e “maluca”. Diz o que pensa na cara dos outros e é bem direta no que faz.

arthur_peq

Arthur Belarmino: Bateria e Back Vocal Masculino – Sabe tocar bastante guitarra, mas sua paixão é a bateria. É o menos com cara de “Roqueiro revoltado” de todos. Além disso, é um cara que gosta de ir para a academia e é um pouco mulherengo. Emily o chama de “playzinho” (de playboy).

eric_peq

Eric Estevam: Guitarra – Alto e um pouco desengonçado, é um pouco mimado dos pais e bastante puto com isso. Detesta o sistema. Joga basquete no colégio.

fred_peq

Fred Fernandes: Teclado – Chamado de nerd pelos colegas de classe, é um cara meio arrogante as vezes e bastante geek e metido a otaku (na concepção ocidental é claro). Adora games eletrônicos online e ler quadrinhos.

mina_peq

Mina Lilien: Vocal e Violino – Realmente preciso dizer mais algo dessa personagem?

2 Respostas to “Mais de Inocência”

  1. Graco Says:

    Emily ta muito carisma! tipo lembra de leve a menina do crepusculo não a principal mas a alice

  2. Foi a mesma coisa que eu pensei. Mas a base não foi ela não. Apesar de que vou falar isso no post referente a ela, a base veio mais de umas fotos de garotas punks, roqueiras.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: