Roalmeh [Inocência]

roalmeh3O famoso Roalmeh… famoso para aqueles que acompanham meus desenhos a um tempo, ou para aqueles que me conhecem pessoalmente. Como não podia deixar de ser, estava faltando informações sobre ele do mesmo modo que fiz no tópico Mina Lilien.

Em matéria de criação, ele tem quase a mesma idade de Mina. Logo é um dos meus personagens mais antigos e que já sofreu inúmeras revoluções tanto em seu design, quando em seu temperamento e papel na trama. Se vocês se lembrarem da capa da historinha dos “anjinhos felizes”, lá está ele com o velho sorriso maroto e tosco dessas capas de personagens de animês.

Ele é um personagem, como eu disse, que sofreu diversas modificações. Ele já foi vilão, depois virou “mocinho”, para depois voltar a ser vilão, até permanecer uma incógnita sobre o seu real caráter e aí permanecer. Lembro-me que em minha época de fã babão, ele era praticamente uma mistura de vários personagens, o que não dava em nada e era apenas um desenho sem vida (e muito feio por sinal). Desde Sephiroth de FF7 até Aoshi de Samurai X. Mas, a maior inspiração para fazê-lo foi o Gai de Shurato (procure as imagens no São Google e você vai ver do que eu estou falando).

Mas isso foi depois do primeiro desenho do personagem (sim eu ainda o tenho). O personagem na verdade, foi criado de uma forma peculiar: um desenho bem casual, que nada tinha a ver com nada. Basta olhar abaixo.

r2Isto é o que seria o Roalmeh mais tarde. Aqui, obviamente é uma cópia descarada do Sephiroth. Foi só depois que resolvi fazer uma mistura de Aoshi com Gai que surgiu o design mais conhecido do personagem. Assim como a Mina, ele tinha algo que me levava a desenhá-lo mais vezes, até que por fim resolvi inserí-lo na história, que seria praticamente uma história do romance proibido entre os dois. Ou algo do tipo.

Protótipo de Model Sheet

Protótipo de Model Sheet

Na verdade era o seguinte: na primeira versão, ele seria um tipo de um líder de uma facção rebelde de uns místicos e que já amara a Mina(ko) / Lilith. Porém ela se descontrolara (lembra da história que eu tinha dito que ela tinha sido selada?) e iniciara uma chacina. Ele, decidido a impedí-la, levara um belo de um arranhão nos peitos (marca que ele teria até o fim da história).

Mais tarde iria-se descobrir que ele estava sendo manipulado. Por isso que ele tinha as tais das marcas no rosto. Por sinal, as marcas não tinha nada a ver com nada. Eram apenas… marcas!

Como seria a primeira história sem pé nem cabeça, mas já com a idéia dos “anjinhos felizes”, o nome dele veio da fonética do nome Baphomet junto com a fonética utilizada em nomes do oriente médio (como Maomé – Mohammed).

Na segunda história, realmente a dos anjinhos felizes, ele ainda seria um dos que amavam a Mina(ko) e estava na Terra a observá-la, mesmo sendo proibido a ele entrar na dimensão dos humanos. Isso porque ele iria revelar-se como sendo um dos mais poderosos anjos. O próprio Metatron. E ainda mais, ele era o 1º dos sefirots, Kaether, A Alta Coroa.

r4
Uma das últimas versões do Roalmeh. Tosco não? Antigo, antigo…

Foi nessa época que eu tive a idéia de seu irmão gêmeo, que iria se chamar o tal de Vannes. Vannes que terá um post para ele também, obviamente, era Sandalphon, que na mitologia hebraica realmente é o irmão gêmeo de Metatron. Mas havia um segredo. Ele também era o próprio Lúcifer.

Lembram que eu disse que a Mina tinha duas faces? Pois bem, Vannes amava a face negra, enquanto que Roalmeh, a face da luz. É que aos poucos, Roalmeh ia sendo mostrado como alguém bom, mas que estava sendo controlado (ainda). De certa forma, também aí estava plantada uma semente para a história atual.

E é justamente dela que vou falar agora. Assim como na Mina, muita coisa eu reaproveitei das toscas duas histórias antigas. Ele terá sim, o seu jeito excêntrico e frio de ser, ao mesmo tempo em que agirá sarcasticamente, mas no fundo sendo uma boa pessoa… também afetada pelo seu passado! (É, tô revelando demais). Claro que excluí completamente essa roupa tosca que vocês veem (na nova ortografia, o acento não existe mais, né?) acima. Nada de porcaria de faixas, caneleiras, e etc.

No design, o que foi mantido foram os seus cabelos brancos – que é pintura mesmo. Tanto que em várias cenas as pessoas vão passar na rua e vão olhar torto para ele. Afinal, não é todo dia que você vê alguém com cabelo branco na rua. A verdade é que ele adquiriu vários fios de cabelo branco devido a um período forte de estresse que ele sentiu durante uma época. Isso é um acontecimento até mesmo natural, mas ao contrário da maioria das pessoas, ele não tingiu o cabelo da cor original da raiz, mas sim, pintou de branco de uma só vez. Para todos os efeitos, ele possui cabelo castanho escuro, quase preto. Outra coisa, foram os olhos vermelhos. E não, não é lente. A questão dos olhos é uma surpresa mesmo que não vou contar agora. Basta dizer que eles mudam de vermelho para azul em certas ocasiões.

De resto, mantive a palidez de sua pele. A idade dele é de 20 anos, por isso ele não estuda no tal do colégio da Mina. O aparecimento dele na história vai se dar de outra forma. Ele, junto de seu irmão, herdaram de seu pai um local, o qual eles transformaram em um desses bares undergrounds de rock, coisa bastante comum por aqui. Eles apenas souberam ser empreendedores. Mas ele estuda sim, faculdade de Música. Tão percebendo agora a ligação? Faltou dizer que Mina tem uma excelente voz de soprano. E nisso ela é apoiada pela sua professora de Música do colégio. Talvez seja o único momento em que ela realmente esquece de seu sofrimento do mundo e de sua demência, quando canta.

Bem, muito chão há pela frente. Continuando a falar do design, eu retirei a roupa preta de Sephiroth e coloquei nele uma jaqueta marrom, com uma roupa BEM mais atual por baixo, uma blusa e uma calça. A cruz é apenas um adereço a mais. É que como alguém que controla algo ele tem que estar vestido corretamente… mas imagem ele sem a jaqueta. Pois é.

No que tange à sua participação na história, eu já disse algo lá em cima. Mas, ele será obviamente uma das peças mais importantes da trama. Talvez ele acabe sendo a pessoa que mais influencie a Mina e … talvez ela seja a que mais influencie ele! O problema é quando o Van (antigo Vannes) resolve se intrometer. Calma, não é o que você está pensando. Isto aqui não é uma novela mexicana, pô! A relação será…diferente. Esqueceu que a Mina é louca? Esqueceu que ela tem Transtorno Dissociativo de Identidade? Bem, vou deixar vocês quebrarem a cabeça com o que pode acontecer. Basta eu ressaltar que a Mina em certas horas se perguntará se o Roal e o Van são produtos da mente dela ou são reais.

O papel mais importante de Roalmeh, será justamente no final.

Por fim, o nome Roalmeh é só apelido. O nome verdadeiro dele será mostrado no decorrer da história.

Aqui, a loucura impera.

4 Respostas to “Roalmeh [Inocência]”

  1. Graco Says:

    Foi por isso que você pegou o nosso CID-10!!! auhaoiuahaoiuh como se eu não soubesse😄, mas bah boa pesquisa, qualquer coisa pode falar, e lembre-se de não seguir muito o CID-10 porque ele sintomatisa tudo mas não se atém ao “como” então pode viajar na sua loucura ou a da Minako huahaiuahioauhoiauh😄

  2. Graco Says:

    E quanto ao Roalmeh, rapaz ficou massa o visual dele, mas não ficou muito claro se ele manteu o rabo de cavalo dele pelo o desenho e vc não comentou isso, bah! mas isso é o de menos ta roX, mas em relação ao olho rapaz ser vermelho minhas hipóteses são : A) Um tipo muito intenso de albinismo que retira a pigmentação dos olhos e cor vermelha se dá pelo sangue pois o olho é muito vascularizado e ficaria azul quando o mesmo puserse as lentes ( mas isso o tornaria cego), B) É da cabeça da Mina, e talvez esses olhos vermelhos mostrem no futuro alguma relação simbólica psiquica, e troca de cor acontece por isso.😄 NÃO QUERO RESPOSTAS AQUI! quero respostas no quadrinho no desenrolar da trama! Alguém tem outra teoria ?!

  3. Minako não, Mina.

    Eu peguei apenas para ter um guia para poder pesquisar na internet e não sair atirando ao léu. Sei das falhas dele, tanto que apenas peguei os nomes e fui pesquisando na net😀. Valeu!

  4. Foi por isso que eu disse, fica a critério de vocês e a resposta virá na história. Pode ser que tenha outra sim, mas eu não vou dizer >).

    Realmente esqueci de dizer do rabo de cavalo. Tirei ele sim. Roalmeh agora tem cabelo curto!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: