Lina B. – [Próxima Guerra]

Mais outra personagem de Próxima Guerra. Agora falarei da carismática Lina B.

lina1 Ela é um das minhas personagens preferidas da história. Na concepção de personagem eu acabei me aproximando muito dela. Nem sei porque. Alguém aí que cria personagens também, com certeza poderá compreender essa “empatia” esquisita.

Apesar de tudo, ela é uma personagem dita “patricinha”. Mas não vão pensando que ela é daquelas garotinhas burras e extremamente fúteis. Não, ela não é.

O problema é que coisas no passado dela (que obviamente não revelarei agora) moldaram parte de sua personalidade. Por isso que ela gosta de aparecer e detesta quando não aparece.

O negócio funciona como um mecanismo de defesa. Pessoas assim precisam estar no centro das atenções para se sentirem vivas.

Eis então que Lina age dessa forma, mas no decorrer da história os leitores irão descobrindo outros aspectos de sua personalidade, bem como sua evolução (coisa que não acontece com uma certa série em quadrinhos famosa…), obviamente para melhor.

Isso e seu relacionamento com os demais personagens serão pontos chaves na construção e reconstrução dessa personagem.

Seu maior relacionamento é com Anthony. Não é de se admirar que os dois estejam sempre juntos. É que ela gosta de provocar os outros, bem como o garoto. Mas também existem outros sentimentos entre os dois que os outros facilmente percebem.

Falando de concepção… houve pouca mudança em relação ao antigo Mestre dos Elementos, fora o fato que o cabelo dela era bem espalhafatoso. Diminuí esse exagero, porém mantendo a excentricidade do corte do mesmo aliado à explosiva cor ruiva.

4 Respostas to “Lina B. – [Próxima Guerra]”

  1. Bruno (Shooting Star) Says:

    “O negócio funciona como um mecanismo de defesa. Pessoas assim precisam estar no centro das atenções para se sentirem vivas.”

    Poxa… ela lembra alguém que eu conheço, mas talvez de forma inversa.😛

  2. Nossa. o.O, de forma inversa? Agora boiei hehe.

    Hum, interessante.

  3. Bruno (Shooting Star) Says:

    Depois eu te explico melhor como é que isso funciona. Resumindo: uma pessoa que gostava muito de aparecer acaba sofrendo alguns traumas por causa disso e então cria umas barreiras e acaba se isolando das pessoas.
    😛

  4. Verdade, é o inverso com essa pessoa.

    Bem, no caso de Lina, não é algo tão sério. É mais um mimo mesmo. Apesar que isso afeta muita gente. O fato de querer estar no centro das atenções para poder se sentir alguém.

    Conheci até pessoas próximas a mim que eram assim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: