Arquivo para fevereiro, 2009

Speedpainting! [Demonstração de pintura]

Posted in Nomad, Próxima Guerra, Tutoriais with tags , , , , , , , on 27/02/2009 by Rodrigo Mendez

Olá pessoal, desculpe não ter postado nada ontem. Mas é que tenho umas coisas para fazer que acabam tomando o meu tempo.

De qualquer forma, preparei um presente para vocês. Mais outra demonstração de pintura!

Agora vou falar de um “técnica” bastante utilizada no concept e que por sinal eu preciso treinar mais. Trata-se do speedpainting ou simplesmente, traduzindo ao pé da letra, “Pintura Rápida”. Como eu preciso praticar mais isso para poder soltar mais o traço e como tava querendo postar mais uma demonstração por aqui, então é fácil perceber como uma mão lavou perfeitamente a outra.

Vou antes de mais nada, esclarecer àquele leitor confuso, sobre o que significa speedpainting (além da tradução do nome). Não se sabe quando começou ou surgiu o termo (não encontrei nada pela internet), mas sabe-se que trata-se de um exercício para soltar o traço e treinar a composição. O que vale mais aqui é a expressividade e a clareza da composição. Um fato interessante é que utiliza-se de um dos elementos da Arte Impressionista que é a mistura das cores. É aquela história de você ver as cores perfeitamente alinhadas de longe, e quando se aproxima da tela, você vê as pinceladas e as cores separadas.

Continue lendo

Priscilla Werne [Inocência]

Posted in Inocência, Personagens with tags , , , , , on 25/02/2009 by Rodrigo Mendez

Mais outra personagem de Inocência.

A famosa Priscilla Werne – a velha garota meio (?) patricinha, fútil e mimada, filhinha de papai rico e nada santinha. Arquétipos como esse são facilmente encontrados por aí, até demais na verdade. Em minha época de colégio existiam várias “zinhas” deste tipo. Felizmente a grande maioria melhorou bastante (pelo menos eu acho) pelo que eu vejo por aí. Outras (minoria) continuaram nessa… ahn… estrada. Tudo bem, bom para elas.

priscilla_pers Na personalidade dela, até aí nada de novo é verdade. Como eu disse acima, tais arquétipos são fáceis de se encontrar em qualquer colégio. E não será aqui que será diferente. Porém cuidado, o arquétipo de mocinha patricinha NÃO TERÁ NADA A VER com aquele esteriótipo ridículo das moças estadunidenses. Minha referência são as garotas daqui mesmo. Tanto que o visual dela aí do lado eu me baseei na forma como muitas garotas (adolescentes e jovens adultas e algumas adultas até) gostam de se vestir. Na verdade eu deveria até ter escondido o short, porque os que elas usam é bem mais curto. Mas tudo bem.

Continue lendo

Decolando

Posted in Nomad with tags , , on 24/02/2009 by Rodrigo Mendez

f14-2Pista livre, libere a catapulta. Preparado para decolar!

Esse post é mais para ser um agradecimento a vocês que estão entrando aqui. Vejo pelo contador que ultimamente tá aumentando o tanto de gente que acessa essa página. Como eu acho que o wordpress reconhece o IP e não conta a mesma pessoa duas vezes… então vou acreditar nesse fluxo de pessoas :D. Se eu estiver errado, tudo bem, fica a mensagem para os poucos que estão vindo aqui.

É isso pessoal, sinto que finalmente estamos ganhando velocidade para poder decolar de vez. É como se o blog fosse um embrião que começasse a ter forma de gente (comparação péssima, mas tudo bem). Gostaria portanto de agradecer-lhes o fato de acessarem isso aqui e de acompanharem meus loucos devaneios.

Continue lendo

Carnaval

Posted in Nomad, Textos, Tirinhas with tags , , , , on 22/02/2009 by Rodrigo Mendez

carnaval

Olá pessoal,

Desculpem a demora para postar. Alguns devem até ter pensado que eu viajei, mas não, nada de viajar nesse carnaval.

E é justamente sobre isso que vou abordar nesse post. Hoje, nada de tutoriais, desenhos, textos de Lâminas ou coisa do tipo. Quero é falar minha opinião sobre essa grande festa que praticamente MUDA a cabeça de muitos brasileiros.

Não vou entrar em detalhes sobre a história do carnaval porque não é esse o objetivo do post. Como disse, é uma opinião própria sobre essa mudança brusca na mentalidade das pessoas durante esse período.

Sendo curto, seco e direto: Para mim, o Carnaval não passa de uma desculpa altamente esfarrapada para pessoas recalcadas… isso mesmo, RECALCADAS, com o seu lado mais infantil, brincalhão, jovial da coisa, soltarem literalmente a franga neste feriadão.

Continue lendo

Os Mistérios da Perspectiva – 1

Posted in Textos, Tutoriais with tags , , , on 19/02/2009 by Rodrigo Mendez

Neste post eu vou começar a falar um pouco sobre um ponto que eu vejo nos desenhos e quadrinhos de muitas pessoas: a volumetria de certas coisas na perspectiva. Isso quando ela é desenhada.

Muitos acham a perspectiva um verdadeiro bicho-papão, quando na verdade não é. É algo relativamente simples de se fazer, porém meio trabalhoso… as vezes. (Não to falando da perspectiva técnica. Essa sim é UM SACO de se fazer).

Primeiro de tudo vamos pensar sobre o que é perspectiva. Muita gente fala, fala, mas qual é o verdadeiro conceito? Quando surgiu?

Vamos lá: A perspectiva, ou melhor chamando, Perspectiva Gráfica, é a projeção em um meio bidimensional de algo tridimensional. Traduzindo, desenhar uma imagem em 3 dimensões (comprimento, largura e altura) em uma superfície plana (uma folha de papel).

Aqui são aplicados os conceitos da Geometria Descritiva (ramo da geometria que permite representar uma imagem em 3 dimensões, mas não se preocupe, você a utiliza mais no chato desenho técnico), que irão permitr a reprodução precisa do 3-D. Como estamos falando de ilustração, quadrinhos, etc, você não precisa quebrar a cabeça com isso. A intenção é que você passe em seu desenho, uma noção de tridimensionalidade. Precisão é para máquinas e você é um ser humano. O que interessa é que você convença a pessoa de que aquela perspectiva funciona.

Continue lendo

Dan (Daniel) Giacomini [Inocência]

Posted in Inocência, Personagens with tags , , , , on 17/02/2009 by Rodrigo Mendez

E no ping-pong de personagens, eu volto para Inocência.

Vocês já devem ter notado que eu falo mais sobre os personagens de Inocência e Próxima Guerra. Não fiz nenhuma “resenha” ainda sobre os personagens de Lâminas do Inverno, não é? O fato é que estes dois primeiros, são personagens de histórias em quadrinhos, enquanto que o último, apesar de que também farei uma série de HQ, é um livro.

Mas em breve eu falarei sobre os personagens de LdI também.

danBem, aqui eu falarei um pouco, seguindo a ordem de apresentação dos personagens na seção Inocência, de Dan.

Ele é outro que é bem pouco conhecido até mesmo aos que acompanham meu trabalho de perto. Na verdade, eu desenvolvi a verdadeira concepção dele no momento de transição da história de anjinhos felizes (note a ironia) para a história atual e definitiva.

No primeiro momento, ele já seria o famoso cara cobiçado pelas garotas, porém faltava algo a mais nele. Tava bonzinho demais para o meu gosto. Continue lendo

Lina B. – [Próxima Guerra]

Posted in Personagens, Próxima Guerra, Quadrinhos with tags , , , , , on 17/02/2009 by Rodrigo Mendez

Mais outra personagem de Próxima Guerra. Agora falarei da carismática Lina B.

lina1 Ela é um das minhas personagens preferidas da história. Na concepção de personagem eu acabei me aproximando muito dela. Nem sei porque. Alguém aí que cria personagens também, com certeza poderá compreender essa “empatia” esquisita.

Apesar de tudo, ela é uma personagem dita “patricinha”. Mas não vão pensando que ela é daquelas garotinhas burras e extremamente fúteis. Não, ela não é.

O problema é que coisas no passado dela (que obviamente não revelarei agora) moldaram parte de sua personalidade. Por isso que ela gosta de aparecer e detesta quando não aparece.

O negócio funciona como um mecanismo de defesa. Pessoas assim precisam estar no centro das atenções para se sentirem vivas.

Eis então que Lina age dessa forma, mas no decorrer da história os leitores irão descobrindo outros aspectos de sua personalidade, bem como sua evolução (coisa que não acontece com uma certa série em quadrinhos famosa…), obviamente para melhor.

Isso e seu relacionamento com os demais personagens serão pontos chaves na construção e reconstrução dessa personagem.

Seu maior relacionamento é com Anthony. Não é de se admirar que os dois estejam sempre juntos. É que ela gosta de provocar os outros, bem como o garoto. Mas também existem outros sentimentos entre os dois que os outros facilmente percebem.

Falando de concepção… houve pouca mudança em relação ao antigo Mestre dos Elementos, fora o fato que o cabelo dela era bem espalhafatoso. Diminuí esse exagero, porém mantendo a excentricidade do corte do mesmo aliado à explosiva cor ruiva.